É festa que não acaba mais!

Chega o fim de ano e é sempre aquela maratona de festas: amigo secreto no trabalho, churrasco com os amigos, ceia de natal, almoço com as sobras no dia seguinte, uma semana meio parada de trabalho, outras festas e o réveillon. E no dia seguinte, mais sobras da ceia. E ainda tem mais um fim de semana antes de começar janeiro prá valer.

E tem vinho, champanhe, muita cerveja, chopp, caipirinhas, energético para alguns, baldes de refrigerantes para outros.

Haja estômago para tanta comida e fígado para tanto álcool. E com certeza, ressaca e uns quilos a mais para começar bem 2009.

O que dá para fazer para diminuir o complexo de culpa, já que a comilança e a beberagem vão correr soltas?

Primeiro, muita água. Sempre. Antes de beber, já vá hidratado. O álcool é um diurético, e depois que você bebe um pouco, já começa a dar vontade de urinar e aí você se desidrata mais rapidamente. Então, alterne os copos de cerveja ou as doses com bastante água. Você vai beber menos e vai passar melhor no dia seguinte.

Coma com moderação. Não é por que você levou aquele “mousse” de beterraba que ninguém come, que você vai levar vantagem e traçar todo o peru que sua sogra fez, ou o tender que sua cunhada levou. Vá devagar, coma sem pressa, procure variar seu prato com carboidratos (que dão energia) e com verduras e legumes (que são as vitaminas).  Não só as carnes. Evite as gorduras, pois estas retardam a digestão e dão aquele empachamento na barriga e aquela moleza. Depois ninguém te tira do sofá do sogro. Cuidado também com os doces.

Ainda falando em comida, cuidado redobrado com o preparo e a conservação. É época de calor e os alimentos se deterioram com mais facilidade. Fuja das maioneses preparadas com muita antecedência ou mal conservadas. É diarréia na certa.

Faça um pouco de atividade física. Não é necessário apenas beber, comer, dormir, levantar para beber, comer e depois dormir de novo.

Pelos mais variados motivos, não fume. Aproveite a época para tomar a decisão e não fume mais. Além de todas as doenças pulmonares e cardíacas que você pode ter, o fumo piora as gastrites e as úlceras. Não se esqueça que é um momento de reunião familiar. Os não fumantes não podem ser prejudicados por seus hábitos, e as crianças copiam os adultos.

Por fim, se vier a ressaca, faça repouso, tome analgésicos para dor de cabeça assim que ela vier e tome muita água. Neste dia, apenas comidas leves e fracionadas. Um dia de repouso correto vai lhe dar forças para encarar a próxima festa. Ah, guarde o carro. Vá de carona e sempre com alguém que não beba. Os acidentes são redobrados nesta época.

Quero encontrar a todos com muita saúde em 2009.

Imprimir

Deixe um comentário

Advertência: Este site tem caráter apenas informativo. Este site não se destina a consultas médicas via internet e nesse sentido não responde a dúvidas de casos pessoais com relação a diagnósticos, prescrições de medicamentos, tratamentos, pesquisas médicas ou resultados de exames.

Por quê este site?

Pulmões de fumante e de não-fumante

Diariamente atendo pacientes em fase final de doenças pulmonares. Alguns com câncer de pulmão, muitos com enfisema e bronquite crônica. Vejo neles o sofrimento causado pelo cigarro e o arrependimento por não ter parado antes.

Além de ajudar as pessoas a parar de fumar, acredito ser também dever do médico participar do processo de informação e educação continuada da comunidade.

Pare de fumar e ajude alguém a parar. Enquanto é tempo.

Enquete

Se você parou de fumar, como conseguiu?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
Calculadora de cigarros
Número de anos em que você fuma ou fumou:


Média diária de cigarros fumados:


Preço médio de um maço de cigarro:

Use "ponto" para separar os centavos.