Arquivo de agosto de 2008

Queimar incenso pode levar à câncer de vias respiratórias

O hábito de queimar incensos pode criar um aroma agradável, mas inalar sua fumaça regularmente pode aumentar os riscos de desenvolver câncer no trato respiratório, segundo estudo a ser publicado na edição de outubro de 2008 da revista “Cancer”.

Acompanhando, por 12 anos, mais de 61 mil chineses que viviam em Singapura, com idades entre 45 e 74 anos, os pesquisadores descobriram uma associação entre o uso excessivo de incenso e vários cânceres respiratórios, principalmente nasal, oral e de garganta.

Pesquisas anteriores indicam que a queima desses materiais poderiam produzir substâncias potencialmente causadoras de câncer, incluindo benzeno e hidrocarbonetos poliaromáticos; mas nenhuma delas, até então, havia mostrado que o uso dos incensos aumenta os riscos de câncer. Mais estudos são necessários. Veja o artigo completo em inglês clicando aqui.

Governador de SP proibe fumo em locais de uso coletivo

O governador do Estado de São Paulo, José Serra (PSDB), assinou nesta quinta-feira (28/08/2008) um projeto de lei que proíbe completamente o fumo em ambientes de uso coletivo, sejam públicos ou privados. A medida inclui bares, restaurantes, boates, hotéis e áreas comuns de condomínios.

Às vésperas do Dia Nacional de Combate ao Fumo, nesta sexta-feira, a proposta é apontada pela Secretaria Estadual da Saúde como “a mais dura legislação contra o tabaco já lançada na história de São Paulo”. O projeto foi apresentado nesta quinta-feira em evento no Instituto do Câncer de São Paulo “Octavio Frias de Oliveira”. Continuar a leitura »

Dia Nacional de Combate ao Fumo

A Sociedade Paulista de Pneumologia e Tisiologia (SPPT), em parceria com a Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (SOCESP) e com o apoio dos Laboratórios Pfizer, promove importante prestação de serviço em 29 de agosto, Dia Nacional de Combate ao Fumo. Entre 10h e 14h, fará um mutirão de esclarecimento à população, no Conjunto Nacional, na Avenida Paulista, sobre o maior causador mundial de morte evitável, o tabaco.

“Temos de educar a comunidade e até a classe médica a combater sem tréguas o fumo. Também é importante incentivar quem já se tornou dependente a procurar tratamento especializado. Aliás, os médicos de todas as especialidades devem estimular os pacientes fumantes a buscar tratamento”, defende o Dr. José Eduardo Delfini Cançado, presidente da SPPT. Continuar a leitura »

Dicas para parar de fumar

Se você deseja parar de fumar, leia abaixo as diversas formas de parada, escolha uma e a melhor data para não fumar mais:

  • Parada abrupta (mais eficaz), jogar o maço no lixo e não fumar mais.
  • Redução gradual, ou seja, contar quantos cigarros fuma por dia, determinar quantos cigarros serão diminuídos por dia, NÃO esquecer de jogar o restante no lixo.
  • Adiamento gradual, adiar em 1 hora o 1o. cigarro que fuma no dia até parar.

ATENÇÃO

Planeje para que na forma de redução gradual ou adiamento em 2 semanas não esteja mais fumando.
O cheiro e os objetos associados ao hábito de fumar são perigosos, portanto para facilitar o distanciamento e o esquecimento do cigarro tome as seguintes providências:

  • Troque os lençóis, lave as roupas pessoais, lave o carro, retire os cinzeiros e doe os isqueiros, jogue no lixo os cigarros e evite hábitos associados (café, bebidas alcoólicas…).
  • Identifique em qual momento o cigarro está presente em seus hábitos e inicie com as mudanças:

Fumar e falar no telefone = caneta e papel na mão.

Fumar após as refeições = escove os dentes.

Fumar e ir ao banheiro = leve uma revista.

Fumar e tomar café = substitua no início por chá calmante (erva-doce ou cidreira, camomila).

Fumar e beber substância alcoólica = evite no inicio (observe que ao beber você fuma mais).

O QUE PODE ACONTECER QUANDO VOCÊ PARA DE FUMAR?

  • A primeira reação é o forte desejo de fumar, que é chamado de fissura.
  • Você pode aprender a controlá-la, pois ela só dura 1,5 minuto.
  • Cada vez que for controlada ela voltará mais fraca e com menos frequência e você será um vitorioso, pois estará vencendo a dependência.

Outras reações que podem ocorrer são:

  • Irritabilidade, ansiedade, insônia, dificuldade de concentração, prisão de ventre, sede, dores de cabeça.

Não é necessário que todas estejam presentes e costumam durar menos do que 2 semanas. Peça ajuda de familiares ou amigos que possam estar do seu lado neses primeiros dias.

COMO CONTROLAR A FISSURA?

  • Lembre-se que em 1,5 minuto ela vai embora.
  • Beba água.
  • Respire profundamente se possível com os olhos fechados, esse exercício respiratório ajuda a relaxar.
  • Masque cravo, canela, legumes crus (cenoura, erva-doce ou pepino cortado em palito).
  • Frutas, cristais de gengibres, balas e chicletes dietético, bolachas de água e barras de cereal light.
  • Tenha sempre por perto o “kit fissura”, pois eles ajudam a diminuir a ansiedade e não engordam.

Largando o cigarro você estará mudando seus hábitos para uma vida mais saudável, então pense em iniciar uma atividade física.  Uma boa opção é a caminhada por 30 minutos por dia. Se não for possível, divida esse tempo em 10 minutos pela manhã, 10 minutos no almoço e 10 minutos à noite. Os exercícios ajudarão a diminuir a ansiedade e o controle de peso.

PARABÉNS! VOCÊ CONSEGUIU! PERCEBA AS BOAS MUDANÇAS QUE ESTÃO OCORRENDO NO SEU CORPO:

  • Em 20 minutos a pressão arterial e os batimentos cardíacos retornam ao normal.
  • Em 8 horas os níveis de monóxido de carbono retornam ao normal.
  • Em 1 dia há redução do risco de ataques cardíaco.
  • Em 3 dias seu fôlego começa a melhorar.
  • De 2 a 12 semanas melhora a circulação.
  • Entre poucos dias e algumas semanas o paladar e o olfato se recuperam completamente.

ATENÇÃO

Não se coloque a prova, não faça testes, pegando um simples cigarro para matar a saudade ou para provar que você não precisa mais dele.

ESSA ATITUDE É MUITO PERIGOSA E PODE LEVAR A RECAÍDA.

CONTINUE TENTANDO…

  • Se for difícil parar de fumar na 1a. tentativa, reflita sobre a situação que o levou a pegar o cigarro e tente descobrir o que poderia ter sido feito.
  • Escolha uma nova data e comece novamente, pois o importante é continuar tentando.
  • Muitas pessoas já conseguiram parar, você pode ser o próximo!!!

(Coordenação Estadual do Programa de Controle do Tabagismo – telefone 11 3329 4455 – email cratod@saúde.sp.gov.br)

Fonte: Centro de Referência de Álcool, Tabaco e Outras Drogas – CRATOD

Por quê este site?

Pulmões de fumante e de não-fumante

Diariamente atendo pacientes em fase final de doenças pulmonares. Alguns com câncer de pulmão, muitos com enfisema e bronquite crônica. Vejo neles o sofrimento causado pelo cigarro e o arrependimento por não ter parado antes.

Além de ajudar as pessoas a parar de fumar, acredito ser também dever do médico participar do processo de informação e educação continuada da comunidade.

Pare de fumar e ajude alguém a parar. Enquanto é tempo.

Enquete

Se você parou de fumar, como conseguiu?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
Calculadora de cigarros
Número de anos em que você fuma ou fumou:


Média diária de cigarros fumados:


Preço médio de um maço de cigarro:

Use "ponto" para separar os centavos.