Arquivo de março de 2011

Parar de fumar melhora taxas de colesterol

O fim do hábito de fumar promove rapidamente outro benefício ao fumante logo de cara: a melhora de seu colesterol. Com o adeus ao cigarro, o ex-fumante observa a alta da taxa do bom colesterol. O HDL é uma proteção natural contra doenças cardiovasculares e baixas concentrações dele são um fator de risco para doenças como a arteriosclerose.

A nova descoberta lança luz sobre a relação do tabagismo com a saúde do coração. Quase 20% das mortes por essa doença são atribuídas ao cigarro, mas os cientistas ainda não têm uma compreensão clara sobre o que está por trás deste efeito.

Fumar afeta o sistema cardiovascular reduzindo os níveis de oxigênio. O teste para analisar o impacto do tabagismo sobre os níveis de colesterol de forma mais rigorosa feito pela University of Wisconsin School of Medicine, nos EUA, analisou 1.500 fumantes. A maioria apresentava sobrepeso. Os fumantes analisados consumiam cerca de 21 cigarros por dia antes do início do estudo.

Depois de um ano, em um dos cinco programas para pôr fim ao tabagismo, 334 tinham conseguido deixar o cigarro. Os que pararam tiveram um aumento de cerca de 5% ou 2,4 miligramas por decilitro do colesterol HDL.

Fonte: Tobacco News

Vacinação contra gripe terá cobertura ampliada neste ano

A campanha nacional de vacinação contra a gripe que será realizada este ano irá incluir dois novos grupos para imunização: crianças entre seis meses e dois anos de idade, além de gestantes. A campanha de vacinação contra a gripe será realizada entre os dias 25 de abril e 13 de maio.

Este ano, quem tomar a dose estará imunizado contra o vírus da gripe comum e contra o vírus da gripe H1N1. A meta do Ministério da Saúde é vacinar 80% das 23,7 milhões de pessoas estimadas – cerca de 19 milhões de pessoas.

A vacina é gratuita e será distribuída aos postos de saúde dos municípios pelo ministério. No dia 30 de abril, uma campanha nacional será realizada, a fim de mobilizar as pessoas para a necessidade de imunização. Este ano, o ministério da Saúde adquiriu 33 milhões de doses da vacina.

Veja a notícia completa no G1

Sedentarismo e tabagismo: estudos mostram maior incidência de câncer nestes grupos

Dois estudos publicados nesta quarta-feira reforçaram os riscos e benefícios do estilo de vida no combate ao câncer, demonstrando os riscos do tabagismo para mulheres na pós-menopausa e os efeitos protetores dos exercícios no intestino.

As mulheres na pós-menopausa que fumam ou costumavam fumar correm um risco até 16% maior de desenvolver câncer de mama em comparação com mulheres que nunca fumaram, destacou um artigo publicado na edição online do British Medical Journal (BMJ).

As mulheres que foram extensivamente expostas ao fumo passivo, tanto na infância quanto na idade adulta, também podem correr mais riscos de desenvolver câncer de mama, acrescentaram.

Outra pesquisa separada publicada pelo British Journal of Cancer demonstrou que pessoas com estilo de vida mais ativo corriam pelo menos três vezes menos riscos de desenvolver grandes tumores nos intestinos, conhecidos como pólipos, que costumam ser precursores de câncer.

Veja a notícia completa no UOL Ciência e Saúde

Tabagismo se torna grave problema de saúde pública na China

O tabagismo custa caro ao sistema de saúde chinês, e os gastos que ele ocasiona quadruplicaram em menos de dez anos, segundo um estudo conduzido por pesquisadores chineses e americanos e publicado recentemente no site especializado Tobacco Control, editado pelo “British Medical Journal”.

A China, principal produtora e consumidora mundial de tabaco, representa um terço dos fumantes do planeta, ou seja, mais de 300 milhões de pessoas. As doenças provocadas pelo tabaco não param de aumentar nesse país, com os fumantes vendo sua expectativa de vida ser abreviada em quinze anos. O número de casos de câncer de pulmão quadruplicou desde os anos 1980. Segundo o estudo, os custos diretos de saúde associados ao tabagismo aumentaram 154% em 2008 em relação a 2000 na China, sendo que a alta atingiu 376% para os custos indiretos, como a perda de produtividade ou a mortalidade precoce.

Veja a reportagem completa no UOL Notícias.

Por quê este site?

Pulmões de fumante e de não-fumante

Diariamente atendo pacientes em fase final de doenças pulmonares. Alguns com câncer de pulmão, muitos com enfisema e bronquite crônica. Vejo neles o sofrimento causado pelo cigarro e o arrependimento por não ter parado antes.

Além de ajudar as pessoas a parar de fumar, acredito ser também dever do médico participar do processo de informação e educação continuada da comunidade.

Pare de fumar e ajude alguém a parar. Enquanto é tempo.

Enquete

Se você parou de fumar, como conseguiu?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
Calculadora de cigarros
Número de anos em que você fuma ou fumou:


Média diária de cigarros fumados:


Preço médio de um maço de cigarro:

Use "ponto" para separar os centavos.